quarta-feira, 15 de março de 2017

Taxas em Câmara de Lobos




CDS faz aprovar por unanimidade
água mais barata em Câmara de Lobos

As famílias com maior vulnerabilidade financeira e o comércio tradicional são os principais beneficiários da proposta apresentada pelo CDS-PP à Assembleia Municipal de Câmara de Lobos e aprovada por unanimidade na última reunião daquele órgão autárquico.
Trata-se da aplicação de uma tarifa especial reduzida sobre o preço da água, uma medida de protecção social para as famílias mas também de estímulo ao comércio tradicional prevista no orçamento da autarquia para 2017.
No concelho de Câmara de Lobos, apesar das melhorias económicas anunciadas, essa melhoria ainda não se verifica no bolso dos camaralobenses, infelizmente muitos dos quais limitam-se a sobreviver e não a viver. Uma prova desta realidade está no aumento em 11% nas prestações de rendimento social de inserção, em 2016, a nível regional.

Se tivermos em conta que no concelho existem a volta de 10.000 habitações, onde mensalmente pagam em média 25€ vezes 12 meses, no final do ano são 3 milhões de euros, ou seja, no entender do CDS há margem para reduzir e aliviar o peso das taxas aplicadas às famílias.

Só a título de exemplo, em Câmara de Lobos, um espaço comercial que gasta mensalmente 1 metro cúbico de água e faz a separação de resíduos paga em média 40 € mensais, um valor elevado para a realidade do nosso comércio.
Texto: PP

Sem comentários: